sábado, 25 de outubro de 2008

VOCÊ É UM LUGAR
Há um lugar em você, pra mim
Há um lugar em mim, pra você...

Tudo que ela sempre quiz foi, Se perdoar...
Pois cansou de andar, andar, andar...e se perder
Entre noites frias das ruas da Glória e o
Cine Baronesa.
Sempre aquela solidão no ônibus,
Vendo a vida varrida de Voz;
Naquela solidão de ônibus,
Vendo a vida varrida de Nós;
Naquela solidão-de-ônibus,
Vendo a vida vazia a Sós.

Há um lugar em você, pra mim
Há um lugar em mim, pra você...
Pra voltar, voltar a ver...
Voltar à Vida...
Voltar pra Você...

3 comentários:

Jean Carlos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jean Carlos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ju peres disse...

como assim num tem mais posts?!